Curiosidades > Destaque > Dicas > Itália > Onde Ficar > Sem categoria

Cinque Terre, Italia

Por Paula Maluf | 19 agosto 2017

Cinque terre, situado na Riviera Ligure na Itália, é para mim um dos lugares mais romântico que já estive. Me encantei com aqueles 5 pequenos vilarejos encravados no morro, seja no alto ou a beira mar.  Vilarejos coloridos e que muitas vezes parece que foram deixados no tempo!

De um vilarejo para o outro é possível fazer andando, de trem ou de barco (inclusive ha taxi boat para ir de um lugar ao outro – menos para chegar em Corniglia).

Ja visitamos Cinque Terre duas vezes.  Na primeira vez resolvemos fazer com calma e por isso nos hospedamos em Monterosso.   Ja na segunda vez, estávamos na redondeza e resolvemos visitar novamente esse Paraiso, mas somente de passagem.  Ou seja,  é possivel sim fazer em um dia, mas fica bem corrido!!!!

O trajeto completo de trem, parando em todas as Terre, leva 30 minutos entre Monterosso e La Spezia.  Mas se engana aquele que pensa que é uma viagem panoramica pois o trem passa por tuneis dentro das montanhas entre um vilarejo e outro.  Por isso, o trem só vale a pena para se locomover entre um vilarejo ou outro, isso se nao quiser fazer de barco ou a pe.  Mesmo assim, sente do lado do mar!  Vale a pena!

 

 

 

 

 

Monterosso Al Mare

Começamos por Monterosso, ao extremo norte de Cinque Terre.  Essa é a única “terre” que eu acho que vale a pena se hospedar pois é a que tem mais estrutura, restaurantes e a única que tem uma praia de areia enorme (comparada com as outras) para aproveitar, além de um pequeno “calçadão”.

De Monterosso a Vernazza fizemos por uma trilha comprida chamada Sentiero Azzurro, cheia de sobes e desces.  Não acho que tenha valido muito a pena (apesar de toda hora falar para mim mesma sobre a cor maravilhosa do mar) pois não tem nada de muito “especial” no caminho.  Quando perto dos vilarejos, a trilha realmente tem uma vista de perder o folego, mas todo o resto, ficou a desejar…  Para quem gosta de trilha, vale a pena, mas se for somente pelo visual, caminhe somente o comecinho delas….

Chegando em Vernazza!

Talvez ir de barco ou de trem seja uma boa opção principalmente para quem irá fazer as 5 vilas no mesmo dia.

 

Vernazza

Chegamos em Vernazza, um pequeno vilarejo que fica aos pés do morro (beira mar).  Nesta cidade tambem é possível dar um mergulho no mar, mas não tem nenhuma praia, somente uma faixa de areia. Passeie pela pequena cidade e parta para a próxima.

 

Corniglia

Pegamos o trem e seguimos para Corniglia, a Terre do meio.  Chegando em Corniglia voce irá precisar subir 365 degraus para chegar até o vilarejo. Ou… pegar um ônibus que os deixará no topo do morro.

Como eu sou forte (até parece) subi os 365 degraus e quase morri…. kkkkk!!!

Como subimos os degraus, cheguei lá em cima exausta e até achei que não ia gostar da cidade… kkk… mas não tinha como!  Tão pequenina, tão charmosa que me fez perder o folego novamente, só que desta vez de tão linda que era a cidade.  Por isso, quase não tenho fotos do lugar… sorry (olha o meu estado na foto abaixo… kkkk)

Corniglia é a única das Terre onde o barco não pára.  Pela dificuldade de chegar até ela, é a menos visita dos 5 vilarejos.

 

Manarola

Partimos para a proxima cidade de trem..  Manarola é mais uma cidadezinha minúscula, porém muito charmosa.  As casinhas coloridas ficam praticamente uma em cima da outra, bem espremidinho.

Na praça central, tem uma igreja super simpatica  construida em 1338 e que mostra um pouco da historia desse pequeno vilarejo.

 

De Manarola a Riomaggiore tem a famosa “avenida de pedestres pela costa” chamada Via dell’Amore.  Um caminho que daria para percorrer em apenas 20 minutos se nao fosse pelas mil fotos que voce irá querer tirar da paisagem e dos cadeados deixado pelos casais.  Se estiver acompanhado de seu amor, lembre de tirar a famosa foto na cadeira dos amantes.

Li que a origem do caminho é a seguinte: foi construído nos anos 20 como uma via auxiliar de segurança para obras de ampliação da galeria ferroviária entre as duas vilas. Terminada a obra, o caminho permaneceu e começou a ser usado pelos moradores. O resto é história e declarações de amor…

O calçadão termina exatamente sobre a estação de trem de Riomaggiore — mas de maneira nenhuma encerre sua visita ali. A cidadezinha se esconde para lá da estação e é adorável.

 

Riomaggiore

Pronto, chegamos em Riomaggiore.  Hora de visitar mais uma cidadezinha encantadora, apertadinha, com escadarias, vielas e super ingrime. Poderia dizer que esta tem mais cara de cidadezinha de pescador pois os barquinhos ficam todos ali, ou no porto ou “estacionados” nas ruas.  Eu amei essa cidade.

Da pequena marina, a vista da cidade é de tirar o folego.  Vale a pena tirar uma foto de la…

 

Portovenere

Apesar de “Cinque terre” acabar em Riomaggiore, eu não deixaria de conhecer a sexta cidade. Pegue o barco ou trem e siga até Portovenere (nós fomos de barco na primeira vez e trem na segunda… muito mais lindo de barco).  Uma cidade que cresceu devido a um castelo que hoje é um museu de arte contemporânea. Chegando em Porto Venere, o colorido dos prédios à beira-mar, o Castelo Doria ao fundo, a muralha envolvendo o borgo e a torre, surpreendem. Caminhando mais um pouco até o final da beira-mar ate chegar a uma Igreja em estilo gótico, chamada San Pietro.

Olha que linda a cidade a noite!!!!

 

Portofino

Para completar essas cidadezinhas charmosas a beira mar, não tem como deixar de falar de mais uma vizinha chamada Portofino.  Um dos lugares mais cobiçados no verão italiano.

Visitada por varias celebridades como Jennifer Lopez, Rod Stewart e Elizabeth Taylor, esta pequena vila debruçada sobre o mar respira badalação. Um lugar incrível!!!!!

Muitas pessoas gostam de ficar aqui e então visitar Cinque Terre.

 

Como chegar às Cinque Terre

  • Monterrosso está a 14 minutos de trem direto de La Spezia, 1h04 de Gênova, 1h10 de Pisa, 2h25 de Florença.  Também é possível chegar às Terre de carro: todas as cidadezinhas são ligadas a uma estrada que passa no alto da montanha. Há bolsões de estacionamento fora das cidades. Monterrosso está a 33 km de La Spezia, 44 km de Portovenere, 100 km de Gênova, 115 de Lucca, 120 km de Pisa, 190 km de Florença, 230 km de Milão e 470 km de Roma.

 

Boa Viagem a Todos!

Comentários

comentários



Paula Maluf

Paula Maluf
Ana Paula Cardoso Maluf, nascida em 1971 em São Paulo é consultora de viagem da agencia Teresa Perez e colunista da radio ConectCar SP RIO FM. Sempre gostou muito de viajar e afirma que é a melhor maneira de se investir o seu dinheiro. Nos últimos anos o avião se tornou sua segunda casa e então ela decidiu dividir suas dicas com seus amigos. Começou com uma novidade no Instagram, falando cada semana de um destino diferente que já foi. Depois veio o facebook e agora o Blog. Aproveitem!!!




Posts mais lidos



Instagram

🇧🇷 Reconhecido em todo o mundo, o Cirque du Soleil tem buscado constantemente evocar a imaginação, invocar sentidos e provocar emoções. Aqui em Montreal está passando o VOLTA e nós fomos conferir! É a história fascinante sobre a liberdade de escolha e a emoção de traçar a sua própria trilha. Nós adoramos a história! Vale a pena conferir! ----- 🇺🇸 Recognized throughout the world, Cirque du Soleil has constantly sought to evoke imagination, invoke senses and provoke emotions. Here in Montreal is passing the VOLTA and we went to check! It's the fascinating story about freedom of choice and the thrill of charting your own trail. We love the story! It is worth checking! #checkincompaulamaluf #paulamalufviagens #canada #montreal #oldport #cirquedusoleil #volta

Uma publicação compartilhada por Check In com Paula Maluf (@checkincompaulamaluf) em



Facebook