Jalapão

Croácia > Destaque > Top Roteiros
03 setembro 2020

Se você é daquelas pessoas que curtem ecoaventura se prepare: durante essa semana vamos dar dicas sobre o Jalapão, uma região do cerrado brasileiro, no Tocantins.

O Jalapão abrange os municípios de Ponte Alta do Tocantins, Mateiros, São Félix do Tocantins, Lizarda, Rio Sono, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins, Lagoa do Tocantins e Rio da Conceição, ocupando uma área equivalente ao estado de Sergipe.

Entre paisagens surpreendentes, cachoeiras, fervedouros e dunas esse destino cada vez mais conhecido surpreende quem passa por lá.

Montamos um roteiro de 4 dias cheio de atrações e aventuras para vocês.


Uma excelente opção de uma viagem de férias!

Quando Ir ao Jalapão

O Jalapão pode ser visitado durante o ano inteiro, sendo que a temperatura média na região é de 30 ºC e onde o sol predomina durante o ano inteiro.

A estação seca, que vai de maio a setembro, e a estação chuvosa, de outubro a abril. 

Importante saber que a região do Jalapão ainda não oferece uma boa infraestrutura e muitos dos pontos turísticos como os fervedouros têm limite de visitantes. O número de pousadas nas cidades de apoio também é bem limitado. Por isso prograne-se! Fuja dos feriados se puder.

Como Chegar

A região do Jalapão está localizada no extremo leste do estado do Tocantins, a 300 km da capital Palmas, porta de entrada para a região. As principais cidades-base são Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins, Mateiros e São Félix do Tocantins. Mas as principais atrações do Jalapão ficam mais próximos a Mateiros e São Felix do Tocantins. principais pontos para se hospedar.

Como Circular 

A maioria das estradas da região são de terra e de acesso difícil. Recomenda-se utilizar um carro 4×4 ou contratar um agência especializada com motorista. Importante também contratar um guia experiente a partir de Palmas.

Onde se Hospedar

As cidades não oferecem grandes hotéis ou hospedagens luxuosas. No Jalapão, os turistas se hospedam em pousadas bem simples ou campings.

As principais opções de hospedagem no Jalapão estão nas cidades de Ponte Alta, Mateiros, São Félix e Novo Acordo.

A cidade de Mateiros é a mais próxima do Parque Estadual do Jalapão, e a de São Félix fica mais próxima dos fervedouros.

Mas caso você esteja procurando uma hospedagem no modelo camp safari a opção é o acampamento Koburo, localizado em Mateiros que oferece tendas fixas em meio a natureza.

Quantos dias ficar

Definir quantos dias ficar no Jalapão vai interferir totalmente na sua experiência durante a viagem. Recomendamos que seu roteiro seja de no mínimo 3 dias. Claro que quanto mais ficar melhor, você não precisará fazer muitos passeios durante o dia o que pode se tornar muito cansativo, O ideal seria 5 dias.

📍1o. Dia Roteiro

▪️Cachoeira Roncadeira + Cachoeira Escorrega Macacos

O primeiro destino sugerido fica no distrito de Taquaraçu, a 35 km de Palmas, a capital do Tocantins.

Serão duas cachoeiras. A primeira, cachoeira do Escorrega Macaco é um encanto, no alto dos seus 50 metros. Recebeu este nome devido a uma planta existente em seu entorno, que possui este mesmo nome que lembra um cipó descendo do alto da árvore até o chão, por onde os macacos escorregam. O lugar é bem bonito e a trilha é muito bem sinalizada.

Já a Roncadeira tem 70 metros. O barulho que a água faz ao bater nas pedras é muito forte e por isso recebeu esse nome em comparação a uma roncadeira. Aqui o programa é se esbaldar na água, mergulhar nas partes fundas ou até mesmo fazer um rapael mediado por empresa local.

Duas belíssimas obras da natureza.

▪️Canyon Sussuapara

O Canyon Sussuapara situado na cidade de Ponte Alta do Tocantins,  é uma fenda bem estreita que mais parece um esconderijo da natureza cuja agua brota das paredes, com muita vegetação. Possui quedas d’água e paredões de formações rochosas sedimentares.

Um local para ir e admirar a natureza!


📍2o. Dia Roteiro

▪️Fazenda Tri Agro

Segundo contam os  locais,  a fazenda Tri Agro pertenceu a Pablo Escobar, traficante famoso, tornando a propriedade uma atração. O casarão ainda esta preservado, bem como a  pista de pouso onde aviões chegavam com as drogas.

▪️Cachoeira da Velha

Formada pelas águas do Rio Sono é encantadora.  Não é possível tomar banho nesta nela. A Apesar da queda d’água ser pequena, 20 metros, é  de uma força inacreditável. É possível fazer rafting por ali!

▪️Prainha Rio Novo

Pertinho da Cachoeira da Velha  você tem acesso a ela através de uma trilha. Aqui as águas são calmas e muito transparentes.

▪️Dunas do Jalapão (por do sol)

Para finalizar o dia nada melhor que um maravilhoso por do sol. E nada melhor do que estar nas dunas do Jalapão! Aqui a intenção é aproveitar e curtir a maravilhosa paisagem de areias douradas! As dunas são alimentadas todos os dias de forma natural através da erosão das serras que ficam ao seu redor. Sua altura pode variar entre 200 e 400 metros. Não é  por acaso que esse é um dos cenários que mais impressionam no Jalapão.


📍3o. Dia Roteiro

▪️Cachoeira da Formiga

Cercada por um vegetação lindíssima é uma das cachoeiras masi belas de toda a região com águas super cristalinas. Tem esse nome por causa do Rio Formiga. Imperdível a visita.

▪️Fervedouro do Salto

E vamos rumo ao primeiro fervedouro. São espécies de piscinas naturais que não deixam as pessoas afundarem devido a um fenômeno natural chamado ressurgência. Uma das atrações mais divertidas e exóticas do Jalapão.

▪️Fervedouro do Buritis

Mais um cenário estonteante! Água azul cristalina e rodeado de muito verde. Fique preparado para muita areia acumulada em biquínis, sungas e cabelo.

▪️Comunidade Mumbuca (artesanato)

Visita a um pequeno vilarejo onde vivem descendentes de indígenas e quilombolas da região. Local onde produzem muito artesanato com o capim dourado.

▪️Fervedouro do Ceiça

Está entre os mais famosos e visitados do Jalapão. Cercado por bananeiras é um dos fervedouros com maior pressão. A sensação de não afundar é mágica.Maravilho!


📍4o. Dia Roteiro

▪️Fervedouro do Bela Vista

É o maior e o considerado  mais bonito fervedouro da região. Conta com 15 metros de diâmetro de água transparente e incrivelmente azul. É também um dos que oferecem melhor infraestrutura. Há uma área para camping e um ótimo restaurante aberto para almoço e jantar.

▪️Fervedouro do Rio Sono

O Fervedouro do Sono tem um poço repleto de nascentes e um buriti estrategicamente posicionado que torna o visual ainda mais belo. Não tem trilha para chegar, o acesso a pé é fácil, tem boa infraestrutura com restaurante próximo e possui capacidade para seis pessoas.

▪️Fervedouro do Alecrim

O Fervedouro do Alecrim compete em tamanho e beleza com o Fervedouro Bela Vista. A principal diferença entre os dois é a cor, extremamente verde. Possui uma linda praia fluvial, onde é possível tomar banho, relaxar e desfrutar da gastronomia.

▪️Cachoeira das Araras

Parada estratégica para quem esta saido de São Felix sentido Palmas. Na área dessa cachoeira funciona um ótimo restaurante Venda do Bento, que só trabalha com reservas.

▪️Serra da Catedral

A Serra da Catedral, uma formação rochosa linda, imponente que se assemelha à fachada de uma catedral e possui um visual esplêndido! Lugar ideal para fotos e contemplação da majestosa natureza!

▪️

Também é chamado de Morro do Gorgulho, possui algumas formações rochosas que lembram várias chaminés. Foram esculpidas pela ação do vento e das mudanças climáticas frequentes da região. Ideal para assistir ao  pôr do sol.


Fotos referência Google


PUBLICIDADE